Peregrinos da rota dos Santuários celebram os 107 anos da Aliança

20 de outubro de 2021 às 4:30 PM

 

Rota dos Santuários de Londrina, 16 quilômetros de fé e oração.

 

Neste domingo, 17/10, os peregrinos da rota dos Santuários participaram da celebração em gratidão pelos 107 anos da Aliança e fundação de Schoenstatt. A celebração aconteceu no Santuário Tabor Esmagadora da Serpente, que fica no meio da rota dos Santuário de Londrina.

 

Cerca de 8 ciclistas e 60 pessoas participaram da peregrinação, que teve início às 5h da manhã, no Santuário São Judas Tadeu, passou pelo Santuário Nossa Senhora Aparecida, pela Catedral Metropolitana de Londrina e às 7h30 chegou no Santuário de Schoenstatt, onde os peregrinos foram acolhidos ao som do sino. No portão, as bexigas anunciavam o dia festivo do Santuário.

 

Paulo Sidnei de Oliveira, coordenador da rota dos Santuários, explicou que o grupo caminha todos os meses, há mais de 2 anos, e esta foi a 27º peregrinação da Rota dos Santuários. “O que me motiva é buscar a presença de Deus. Em cada passo eu ofereço para Deus, indiferente se estiver chovendo ou se estiver sol. Hoje foi um presente de Deus. Aquele presente que estava esperando, a celebração da Santa Missa no meio da rota, em especial na casa da Mãe, para mim foi um grande presente.”

 

 

No Santuário de Schoenstatt, os peregrinos se reuniram para rezar, renovar a consagração e entregar, como contribuição do Capital de Graças, os oito quilômetros percorridos desde o Santuário São Judas. Após a celebração eucarística o grupo continuou a peregrinação, passando pelo Santuário Eucarístico e encerrando no futuro Santuário Santa Rita de Cássia.

 

Para Grassy Terezinha Velho Poliane o caminho não foi fácil, mas com o apoio e carinho de muitos peregrinos chegou no Santuário de Schoenstatt. Ela conta a intenção desta peregrinação: “tenho um pedido muito grande a Nossa Senhora, para ajudar meu neto a se afastar do computador e do celular”.

 

A Santa Missa, presidida pelo Pe. Edivan Pedro dos Santos, pároco do futuro Santuário Santa Rita de Cássia e concelebrada pelo Pe Carlos Shimura, que participou da caminhada e Pe. Humberto, que acompanhou os ciclistas.

 

Pe. Edvan destacou a importância desta celebração da Rota dos Santuários, como um encontro de irmãos na fé, que se unem para peregrinar e fortalecer a devoção a Nossa Senhora e aos Santos nos Santuários de Londrina. Na homilia, ele explicou que a oração é um serviço a Deus. “A oração é um serviço litúrgico. Cada vez que estou na missa estou servindo ao Senhor. É um serviço ativo e forte, que transborda ao nosso redor e toma formas. Nosso servir ao Senhor é servir, na oração, com amor e servir aos irmãos. Neste domingo de rota dos Santuários, de oração, de fé. Que o Senhor acolha nosso serviço, a nossa oração”.

 

Clique aqui para ver mais fotos

 

Compartilhe

© 2021 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite