Maria atrai novos lírios

9 de dezembro de 2020 às 9:02 PM

 

“Eu pertenço a Mãe e ela me pertence”

 

Motivadas pela caminhada de discernimento vocacional e introdução na espiritualidade de Schoenstatt, cinco jovens selam a Aliança de Amor. A consagração aconteceu no domingo, 06 de dezembro, em dois Santuários. Quatro jovens estavam em Londrina/PR, no Tabor Esmagadora da Serpente e uma em Confins/MG, no Tabor da Liberdade.

 

“Chegou o grande dia! Estava muito feliz e ansiosa para o momento em que eu poderia dizer ‘Eu pertenço à Mãe e Ela me pertence’. Renovei as promessas batismais na Santa Missa, me consagrei a Mãe e por fim recebi a medalha que confirma a Aliança que selei com a Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Foi um momento de graças, meu coração transborda de alegria. Não tenho palavras para descrever o que vivenciei, mas uma coisa eu sei: “Eu pertenço à Mãe e Ela me pertence”, relata Amanda Guimarães Alves, de Confins.

 

O Santuário é só delas! 

Devido as regras de distanciamento, em Londrina, as jovens tinham o Santuário inteiramente para elas, um número reduzido de pessoas acompanhou a celebração do lado de fora e por meio da transmissão online.

 

A Santa Missa foi presidida pelo Pe. Emerson José da Silva, SAC, que relacionou a Aliança de Amor com o sim de Maria na anunciação. “Ao selar a Aliança vocês estão dizendo o mesmo sim de Maria: ‘Eis aqui a Serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra’, segundo a tua vontade, segundo o teu desejo”, disse o celebrante.

 

Ele lembrou que muitas vezes o desejo e vontade de Deus não correspondem com os nossos, por isso destacou: “Não podemos esquecer que a vontade de Deus é que cada um de nós seja feliz, plenamente e verdadeiramente, por isso nos entreguemos a Ele. Demos constantemente o nosso sim e deixemos que ele conduza a nossa vida, assim como conduziu a vida de Maria”, concluiu Pe. Emerson.

 

 

Aliança, um sinal de Deus

“Para nossos tempos, são sinais de Deus, que jovens possam fazer a Consagração a Nossa Senhora e expressar tanta alegria nessa entrega e troca de corações com a Mãe e Rainha de Schoenstatt”, diz Ir. M. Luciene Bolonhese, que acompanhou o grupo na preparação para a Aliança. 

 

Ela revela a alegria que experimentou com a conquista das jovens e conta que após a missa elas testemunharam um profundo sentimento de paz e a certeza do atuar da Mãe de Deus em suas vidas.

 

 

 

Veja como foi a Santa Missa

Compartilhe

© 2021 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite