Rainha da Nova Terra Mariana: Maringá coroa a Mãe

4 de junho de 2020 às 2:01 PM

A coroação impulsiona para os novos tempos em que vive a Família de Schoenstatt de Maringá/PR

 

Mariane Teles – A história de Maringá/PR com o local onde será construído o futuro Santuário Filial da Mãe e Rainha iniciou-se em maio de 1999, quando a Família de Schoenstatt tomou posse do terreno. Para marcar o desejo de um Santuário no local, em dezembro do mesmo ano, foi inaugurada uma ermida para a Mãe de Deus.

 

Após 21 anos, Maringá realiza a coroação da imagem da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt presente na ermida. A motivação para esta ação foi em decorrência dos últimos acontecimentos mundiais da pandemia do coronavírus e o compartilhamento da mesma corrente de coroação da Família Internacional. Sob o título de “Rainha da Nova Terra Mariana”, a família maringaense deseja que a Mãe reine agora e durante os tempos de construção do futuro Santuário.

 

A preparação para a coroação consistiu na entrega de muitas ofertas ao Capital de Graças: em frente à imagem da Mãe e Rainha, a Família rezou diariamente a oração da Salve Rainha acompanhada da jaculatória “Rainha da Nova Terra Mariana! Reina, vence e triunfa!”.

 

A coroação da ermida de Maringá ocorreu momentos antes da coroação do Santuário Cenáculo no Chile, no último domingo, 31 de maio de 2020, para que todos pudessem estar reunidos espiritualmente em uma só missão.

 

Devido ao isolamento, o evento contou com a participação de alguns representantes dos ramos e foi transmitido pelas redes sociais, para que as pessoas acompanhassem, em suas casas, esse momento tão especial. A coroação foi feita pelo diácono Valdinei Rodrigo Biassi de Oliveira.

 

Geovani Moresco, participante da Liga de Famílias, afirma que “sem dúvidas foi uma emoção muito grande poder acompanhar a coroação da Mãe. É muito significativo ver a Família de Schoenstatt de Maringá se engajar para presentear a MTA. Essa corrente de vida está ganhando forças para a Família, que espera a construção do Santuário Filial. Essa coroação consagra o Capital de Graças que há 21 anos realizamos e nos coloca no caminho das conquistas dos elementos do futuro Santuário”.

 

 

Significado da coroa

Cada parte da coroa usada para presentear a Mãe de Deus tem um significado relacionado com a história da Família de Maringá. É o caso das quatro flores que representam os marcos desta trajetória: a construção da Capela São Bonifácio, em 1940, pelo Pe. Emílio Scherer (esta é a primeira capela construída na cidade); a posse do terreno pelo Instituto das Irmãs de Maria; a inauguração da Ermida; e o novo portador jurídico do local, o Instituto de Famílias de Schoenstatt em 2004.

 

Os quatro pilares simbolizam os ramos e a Campanha da Mãe Peregrina, juntamente com os dois semicírculos, que representam as Apóstolas Luzentes de Maria e os Pioneiros de Schoenstatt, ambos vistos como o futuro da Família.

 

A coroa também possui três pedras vermelhas que simbolizam as graças encontradas nos Santuários de Schoenstatt: o abrigo espiritual, a transformação pessoal e o envio apostólico. E, finalmente, as cruzes desenhadas são as contribuições ao Capital de Graças entregues por todas as pessoas em prol da conquista diária desta nova terra mariana.

 

Fonte: schoenstatt.org.br

 

 

Compartilhe

© 2020 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite