COMO O SANTUÁRIO PODE AJUDAR A EDUCAR OS FILHOS? (2ª PARTE)

10 de janeiro de 2020 às 11:20

Segunda parte da palestra sobre a importância do Santuário na educação dos filhos, netos e alunos. Para ver a primeira parte clique aqui.

 

Santuário: Escola do Amor, de Educadores Educados...

 

Família Pieralise - O Pe. José Kentenich nos ensina que “o educador é aquele que ama e nunca se cansa de amar” e o seu exemplo é a maior força educativa. 


Tempos atrás falava-se que vivemos um tempo do “amor líquido”, sem consistência, que escapa de nossas mãos. Tem até um livro a respeito disso, porém hoje já se fala que vivemos o tempo do “amor gasoso”. 


Sem dúvida, a incapacidade de amar de uma maneira profunda, estável e duradoura é o núcleo da crise que vivemos hoje. As pessoas carentes de amor chamam a atenção pelas roupas que usam, pelos adereços no corpo, pelo ruído que provocam, pelo olhar triste que carregam. 


Quando se vive na carência há o grande perigo de uma criança, adolescente ou jovem - em sua fragilidade - deixar-se levar por pessoas mal intencionadas ou por caminhos errados. Por isso é muito importante a criança não só saber, mas também sentir, o amor dos pais, dos avós e dos professores. 

 

  • Você ama seus filhos e netos?
  • Acredito que a resposta é positiva, porém amamos muito?
  • Amamos com um amor generoso, com firmeza e ternura?
  • Somos uma torrente borbulhante de amor capaz de saciar a sede de amor daqueles que nos são confiados? 


Proponho um desafio: pergunte aos seus filhos e netos se eles se sentem amados por você. Se a resposta for positiva, pergunte “como” eles se sentem amados. Preparem-se, pois com certeza ficarão surpreendidos com as respostas. 


Queridos pais, avós e professores, cada um de nós é um educador. O Santuário pode nos ajudar a amar de verdade, pois é a Escola do Amor, dos Educadores Educados, dos cristãos de verdade que forjam a história conforme o Reino de Cristo. 


Um exemplo prático:
Tenho um filho rebelde... conhecem esta história? Pois bem, com as graças do Santuário vou procurar vencer a rebelião de meus próprios instintos e olhar para dentro de mim para descobrir e vencer a rebelião que possa haver em meu interior. 


Ou seja, “toda necessidade e defeito de nossos educandos passa por nosso coração antes de que demos uma resposta (...) comprometendo até às fibras mais profundas de nosso ser”. 


Este é o educador educado que ama e não se cansa de amar. No Maria nos ensina a amar como Jesus amou. Nos educa para deixa-nos transformar pelo amor. No Santuário ela nos toma pela mão e caminha conosco para fazermos uma nova história com alegria de viver.

 

 

 

Foto de Maria Lindsey Multimedia Creator no Pexels

 

Compartilhe

© 2020 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite