Pai, nós vamos contigo

9 de junho de 2019 às 10:44

 

Celebração do ‘31 de Maio’ em Londrina

 

Ir. M. Márcia Silva – A Família de Schoenstatt de Londrina/PR celebra os 70 anos do terceiro Marco Histórico de Schoenstatt com uma vivência e a participação de mais de 100 pessoas, dos diversos ramos, comunidades e apostolados da Obra.

 

No dia jubilar, a vivência tem início com uma contextualização do acontecimento do ‘31 de Maio de 1949’ e sua importância para a Obra de Schoenstatt.

 

Um senhor, representando o Pe. José Kentenich, entra e senta-se junto a uma mesa; ali ele escreve uma carta aos bispos, na qual apresenta o remédio para o pensar, amar e viver mecanicista. Em seguida ele leva essa carta e entrega para a MTA.

 

Nesse momento os participantes são chamados a entregar à Mãe os “nós” da vida, para que unidos à Maria possam encontrar resposta para um pensar, viver e amar orgânicos (todos tinham um barbante com três nós que deveriam desamarrar, pensando nos desafios e lutas que confiam à MTA).

 

Em seguida alguns jovens foram se despedir do Pe. Kentenich, que estava partindo para o exílio, e o Pai e Fundador passou o chapéu, pedindo a cada um: “Capital de Graças, Capital de Graças”. Foi justamente esse pedido que o Fundador fez antes de partir, para que todos os filhos de Schoenstatt oferecessem muitas contribuições ao Capital de Graças da Mãe e Rainha. Os jovens entregaram, então, o cordão de barbante, do qual tinham desamarrado os nós, e o Pe. Kentenich também passou com o chapéu para receber de todos os participantes.

 

Foi lembrado que o Santuário de Londrina sofreu com o exílio, pois o Santíssimo foi retirado do Santuário e o quadro da Mãe, na catedral, também. Luiz Carlos Mozzatto, do Instituto de Famílias de Schoenstatt, testemunhou que o ‘31 de Maio’ é missão e contou como esta palavra, ‘missão’, tem lhe acompanhado durante sua vida.

 

A vivência revela como tudo é vencido na fé. Os tempos difíceis aprofundaram o amor à Maria e ao Santuário. Diante disso, recordou-se a coroação da Rainha da Filialidade Heroica, em 1949, e novamente a coroa e o cetro foram entregues à Mãe de Deus, para que ela forme o filho heroico em cada um.

 

No final da vivência aconteceu um momento de adoração e benção do Santíssimo, reafirmando o compromisso com a missão: “Pai, vamos contigo”.

 

 

Mais fotos

 

70 anos do 31 de maio em Londrina/PR

 

 

Fotos: Ir. M. Márcia Silva

Compartilhe

© 2019 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite