A meta comum que une corações

27 de fevereiro de 2019 às 14:02

Abertura do ano das atividades do Movimento de Schoenstatt

 

Ir. Márcia Silva – A abertura das atividades do ano realizada no último domingo, 24, motivou a Família de Schoenstatt de Londrina a trabalhar pela unidade na conquista do objetivo comum: a manutenção da Casa Tabor de Maria. Esta proposta surgiu a partir da conclusão do trabalho de grupo realizado no Congresso de Outubro de 2018, que foi apresentada pelo casal Daniela e Carlos Eduardo Putinatti, do Instituto de Famílias de Schoenstatt.

 

Para a realização desta meta os participantes, reunidos em grupos, analisaram a prestação de contas da Associação da Família de Schoenstatt de Londrina (AFASLON) e sugeriram ideias para um maior comprometimento dos ramos na arrecadação de recursos para esta manter a casa, uma causa comum que une cabeças e corações.

 

Vais comigo?

Ir. M. Nelly Mendes apresentou um relance sobre os principais acontecimentos do Congresso de Outubro:

 

– 70 anos do 31 de maio de 1949 – 3° marco da Obra de Schoenstatt

– 70 anos da entrega da coroa e do cetro à Rainha da Filialidade Heroica

– 100 anos do Congresso de Hoerde

 

“Schoenstatt tem resposta ao pensar mecanicista. O núcleo do 3° marco apresenta o caminho do cultivo de vínculos, pensar amar e viver orgânicos, superar o espírito do tempo, ser coração da Igreja, para que esta chegue a ser alma do mundo”, disse a Assessora.

 

Para aprofundar no conteúdo do jubileu do 31 de maio de 1949 ela apresentou o subsídio: “Tratamento paliativo ou cura?”  Neste contexto enfatizou a importância  do jubileu da coroação da Rainha da Filialidade Heroica para o Brasil e apresentou o cetro original que o Pai e Fundador entregou à Mãe de Deus no dia 20 de agosto de 1949, no Santuário Tabor em Santa Maria/RS. Este cetro está peregrinando no regional em preparação a sua entronização que acontecerá no dia 15/09 no Santuário Tabor da Permanente Presença do Pai, em Atibaia.

 

Diante da importância do 31 de maio o casal apresentador do encontro, Heloísa Regina e Nelcido Pedro Rockenbach, apareceram com uma mala convidando todos para participar do jubileu no Santuário Cenáculo numa peregrinação promovida pelo Pe. Ivan Simicic, diretor nacional do Movimento.

 

Celebrar para renovar

O casal Bernadete e Gines Ponce, da União de Famílias de Schoenstatt, partilhou com todos a importância do centenário do Congresso de Hoerde. “Uma semente que deu origem a toda a Obra de Schoenstatt, por isso esses cem anos nos leva a agradecer ao Pai e Fundador, à Mãe de Deus e aos meninos que deram seu sim”, falou Bernadete.

 

As comunidades da União de Schoenstatt estão publicando no site nacional do Movimento textos para formação sobre o Congresso de Hoerde e convidam para a celebração internacional que acontecerá em Schoenstatt nos dias 16 a 18 de agosto, aberto para todos, e nos dias 18 a 20 somente para as comunidades pertencentes a União.

 

O encerramento do encontro aconteceu com a Santa Missa, presidida pelo Pe. Carlos Shimura, e com um alegre almoço familiar.

 

Confira as fotos:

 

Abertura do Ano 2019

 

Compartilhe

© 2019 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite